Lisbon Challenge: programa português cativa startups

O interesse no programa português de aceleração de startups, Lisbon Challenge, superou em seis vezes as vagas disponíveis. Vão integrar a iniciativa, que arranca hoje, projetos de 25 países.
Nesta estreia, o Lisbon Challenge recebeu 500 candidaturas, 40% das quais internacionais. Geografias como o Brasil, os Estados Unidos, a Turquia ou a Macedónica estão entre o leque de países com startups interessadas em aproveitar o programa, para afinar o modelo de negócio e explorar oportunidades de contacto com potenciais investidores.
Ao TeK Pedro Vieira, presidente da associação de empreendedorismo que promove o Lisbon Challenge, a Beta-i, sublinha o elevado número de candidaturas de países do leste da Europa, como a Roménia ou a Estónia, mas também o interesse de países longínquos, como a Índia ou o Chile. O Brasil, que era uma das grandes apostas da organização no esforço de promoção externa, também respondeu em força à chamada da Beta-i.

More information: tek.sapo.ptl

Leave a Reply