Chaves

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

A Associação das Cidades Atlânticas

As Cidades Atlânticas é uma associação composta por 20 autoridades locais que representam quase 400 municípios. Foi fundada em 7 de julho de 2000 em Rennes, por D. Edmond Hervé (então prefeito da cidade). O objetivo era criar uma rede com e para as cidades localizadas no lado europeu do Oceano Atlântico. Assim, a Associação pretende desenvolver a cooperação entre seus membros e que estes sejam ouvidos pelas instituições comunitárias, sem esquecer o diálogo com os cidadãos na área continental.

O nome antigo é Conferência das Cidades do Arco Atlântico (CCAA)

Quem são os membros?

Os membros das Cidades Atlânticas são: Cork, Lisboa, Faro, Viana do Castelo, A Coruña, Avilés, Donostia San Sebastian, Gijon, Las Palmas, Santiago de Compostela, Santander, Diputación Foral de Gipuzkoa, La Rochelle Aglomeração, Brest Métropole, Grande Poitiers, Cotentin aglomeração, Lorient aglomeração, Rennes e Rennes Métropole, Saint Nazaire aglomeração. As línguas oficiais das Cidades Atlânticas são: espanhol, português, francês e inglês. Atualmente, o Presidente da Associação  é o Sr. José María Costa, presiente da câmara municipal de Viana do Castelo, Portugal, e o presidente da delegação portuguêsa no Comité das Regiões.

Como funciona?

A Assembléia Geral reúne os membros da associação. Esta instância tem o objetivo de definir as idéias e ações que a organização deve realizar. Além disso, debate sobre questões europeias, a fim de expressar suas opiniões e compartilhar suas experiências sobre diferentes temas.

A Mesa Executiva é o órgão de administração. É composta pelo Presidente e Vice-Presidentes: David Samzun (autarca de Saint-Nazaire e Saint-Nazaire Presidente Agglomération), Gema Igual (autarca de Santander) e Sylvie Guerry-Gazeau (Vice-Presidente de La Rochelle Aglomeração). Nathalie Apéré também faz parte da Mesa como autarca da cidade de Rennes, que detém a presidência de honra. A Mesa está para controlar e decidir as linhas de ação da associação, garantindo a boa execução das resoluções aprovadas na Assembleia Geral e coordenando o trabalho dos Comitês Temáticos. As cidades presidentes das Comissões Temáticas são também membros da Mesa.

O interesse das Comissões Temáticas

As Comissões Temáticas têm natureza técnica e apoiam os membros na implementação de projetos. O seu trabalho é realizado de acordo com o assunto em que a Comissão se baseia; Eles também são uma fonte de conhecimento.

Os temas e presidentes atuais das Comissões são:

Crescimento Azul e Océano: Brest Métropole e, portanto, François Cuillandre como Presidente de Brest Métropole e Presidente da Câmara de Brest),
Participação: Coruña e Xulio Ferreiro como presidente da Câmara da Corunha
Desenvolvimento urbano sustentável: La Rochelle Aglomeração e, portanto, Sylvie Guerry-Gazeau (Vice-Presidente de La Rochelle Aglommération e Presidente da Câmara de Clavette).

O apoio da Secretaria-Geral

A Secretaria-Geral desempenha um papel de apoio e coordenação das ações das Cidades Atlânticas, bem como porta-voz de seus membros perante a União Européia e suas instituições. A Secretaria-Geral é constituída por três áreas de trabalho: UE / projetos, Administração e Comunicação. Atualmente, a Sra. Tamara Espiñeira ocupa o cargo de Secretária Geral, desde 2016.

Um concurso para destacar

Cidades Atlânticas criou em 2012 um concurso anual chamado Cidade Atlântica do ano. Esta competição permite que uma cidade atlântica aumente sua visibilidade em escala europeia e divulgue suas ações. As condições são simples, devemos estar localizados no Arco Atlântico e agir em coerência com a Carta de São Sebastião.