Interligando a Europa: as Cidades Atlânticas unidas

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

Os prefeitos das cidades atlânticas estão convencidos de que o problema do transporte no Arco Atlântico é crucial para o desenvolvimento do território da Europa Ocidental. Assim, a convite do Comité das Regiões, os membros do Bureau participaram do seminário em Bruxelas sobre o Mecanismo Interligar a Europa (MIE), no Comité das Regiões, no passado 7 de fevereiro.

Nele, foi sublinhada a importância da subsidiariedade, bem como o papel do Comité das Regiões como elo de ligação entre os territórios. A necessidade de uma política de transportes verdes da UE foi também salientada.

A sessão reviu as prioridades actuais do programa Interligar a Europa, nomeadamente as partes transfronteiriças (ferroviário, rodoviário) e o desenvolvimento de portos marítimos; bem como reduzir o ruído do transporte ferroviário. Gildas Borel, Brest Métropole, solicitou à Comissão Europeia uma definição de “hinterland”, a resposta foi de focar os textos, mesmo se eles podem ser amplamente interpretados, especialmente pelos Estados membros.

Os trabalhos da rede de cidades atlânticas sobre o corredor Atlântico podem ser consultados aqui:  https://atlanticcities.eu/archives/19759

O seminário pode ser consultado aqui:  https://cor.europa.eu/en/events/Pages/CEF-transport-call-2019-info.aspx

Share