Atlantic Cities no Comité das Regiões

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

O Comité das Regiões Europeu (CR) é uma assembleia política da União Europeia com o objetivo de representar as autoridades locais e regionais na UE, através dos seus 329 membros, provenientes de todos os países da União Europeia.

O “triângulo institucional” (Comissão Europeia, Parlamento Europeu e Conselho da UE) deve consultar o Comité das Regiões quando se discutem tópicos relativos às autoridades regionais e locais (transportes, educação, emprego, saúde, etc.).

Os membros são políticos eleitos, como autarcas ou presidentes de uma região, que falam por sua realidade local. Atlantic Cities têm, portanto, membros em comum com o CR, estando presentes em 5 dos seus 6 comités internos.

É o caso de José Maria Costa, atual autarca de Viana do Castelo, presidente de Atlantic Cities e vice-presidente da delegação portuguesa no CR. Costa participa das comissões de Política Econômica (ECON) e Recursos Naturais (NAT).

O prefeito de Lisboa, Fernando Medina, é o presidente da delegação portuguesa e participa de temas como “Comissão da Política de Coesão Territorial (COTER)” e “Comissão do Ambiente, Alterações Climáticas e energia (ENVE) na qual ele participou da Cúpula de Ação Climática das Nações Unidas. Sob o seu mandato, Lisboa foi eleita Capital Verde Europeia 2020.

Kieran McCarthy, Conselheiro Independente de Cork, também participa do CR, no âmbito das comissões de “política social, educação, emprego, pesquisa e cultura” (SEDEC) e da Política de Coesão Territorial (COTER), sendo também Relator de documentos de parecer e de vários tópicos, como a digitalização da indústria europeia e a agenda urbana da UE

Essa presença reafirma os canais de comunicação da Atlantic Cities junto às instituições europeias, uma ferramenta essencial na hora de conscientizar e defender as necessidades das cidades atlânticas.

Interessado em nossas ações junto às instituições comunitárias? Consulte a nossa contribuição para a consulta pública da RTE-T

Share

%d bloggers like this: