XV Assembléia Geral: Reserve a data

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

Devido à geografia única da bacia do Atlântico, a sua biodiversidade específica e as características particulares das cidades atlânticas, a cooperação é uma mais-valia para a implementação de estratégias de desenvolvimento.

O que determina essa cooperação não é o tamanho da cidade, mas o território.  Os enclaves, a dimensão marítima e a periferia  são pontos de partida que exigem uma acção coerente e coordenada em todo o Arco Atlântico para a articulação do território. Da mesma forma, a cooperação é reforçada por causa de laços históricos e culturais compartilhados pelas cidades atlânticas.

A programação Europeia 2014-2020, com uma dimensão urbana significativa, oferece uma oportunidade única para as cidades do Arco Atlântico. Para aproveita-la, a Conferência das Cidades do Arco Atlântico realizará a sua Assembléia Geral em 23 e 24 de fevereiro 2015 a sua Assembleia Geral na cidade de A Corunha, presidencia da rede.

Inscrição

AGENDA

DICAS DE VIAGEM

HOTEIS

DOCUMENTOS

Share