Santander compete por ser “Capital Verde Europeia” em 2016

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

Santander compete com outras once cidades europeias para se tornar a “Capital Verde Europeia ” em 2016. O título anual reconhece os esforços dos centros urbanos para preservar o ambiente, informou a Comissão Europeia (CE). Além disso, na semana passada, a cidade recebeu uma bandeira do Parlamento Europeu pelos seus méritos na promoção do desporto.

Outros candidatos são cidades na Polônia (Dabrowa Górnicza), Alemanha (Essen), Grécia (Larissa), Eslovenia (Liubliana), Holanda (Nimega), Noruega (Oslo), Itália (Reggio Emilia), França (Tours), Suécia (Umeå) e Romênia (Pitesti) sem esquecer a Zaragoza.

” Este é apenas um exemplo do compromisso das cidades europeias para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e para o ambiente “, disse o comissário europeu para o Ambiente, Janez Potocnik, em um comunicado. O executivo comunitário lembra que o prêmio concedido para as cidades ” na vanguarda da gestão urbana que respeite o meio ambiente “, e que os candidatos devem estabelecer padrões desenvolvimento urbano sustentável mais rigorosos e buscar soluções inovadoras para os desafios ambientais.

O ano de 2016 também será pela primeira vez onde podem participar cidades de menos de 100,000 habitantes. Cada pedido será estudado em relação a 12 indicadores ambientais, incluindo questões como a qualidade do ar, de gestão de resíduos ou de tratamento de águas residuais.

O nome do vencedor será anunciado em junho de 2014, em Copenhagen, que é a Capital Verde Europeia 2014. Este evento tem reconhecido por diversas vezes o sucesso das políticas ambientais das Cidades Atlânticas, com prêmios para Vitória (2012), Nantes (2013) e Bristol (2015).

Share