Networking

This post is also available in: Español (Espanhol) Français (Francês) English (Inglês)

CAAC Brest 2012

As Cidades Atlânticas é uma rede de cooperação territorial, baseada na identidade particular das suas cidades. Desde 2000, antes conhecida como Conferência das Cidades do Arco Atlântico, afirmou a sua posição como um Fórum Urbano Atlântico, facilitando quer a cooperação entre os seus membros quer com outros atores;  como a sensibilização das instituições europeias sobre as questões que preocupam às cidades atlânticas.

Assim, é possível definir o trabalho da rede em seis eixos liderados por um C simbólico:

  1. Um Clube das cidades atlânticas: O Fórum Urbano da fachada atlântica europeia. O marketing territorial atlântico é uma questão-chave.
  2. Uma Comunidade que inclui cidades e outros atores, acima de tudo, os cidadãos.
  3. Campanhas: Fazer do lobby não apenas uma questão política, mas também um instrumento para a sensibilização dos cidadãos em assuntos europeus e a defesa dos seus interesses.
  4. Cooperação: Através de projetos europeus e também de intercâmbios informais.
  5. Coaching: Um centro de recursos para as cidades atlânticas, garantindo que as suas atividades contribuam para a informação, a formação e o reforço das atividades europeias dos membros.
  6. Comunicação: Tornar as cidades da rede, as suas atividades e experiências, exemplos “destacados” de uma estratégia de comunicação baseada nos social media.

A organização também começou a ampliar sua posição global no Atlântico para fortalecer os laços bilaterais de seus membros com outras costas do Atlântico.

DOCUMENTOS:

Declaração de Rennes

Carta atlântica de San Sebastian

Carta atlântica de San Sebastian, 2018

Acordo Atlântico

Estatutos

Estatutos 2018