La Rochelle cidade piloto numa nova rede URBACT/CCRE

Antigo vice-presidente da Atlantic Cities e uma das autoridades locais mais ativas no projeto She4Sea, a aglomeração de La Rochelle acaba de ser nomeada como cidade piloto numa rede de 19 cidades que desejam trocar e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Agenda 2030).

Esta rede, liderada pela cidade de Tallinn (Estónia), está a ser desenvolvida pelo programa URBACT, em parceria com o Conselho dos Municípios e Regiões da Europa (CCRE), por um período de dois anos. O principal objetivo é permitir que as cidades-piloto troquem entre si e com outras cidades europeus e internacionais, para criar capacidade para o processo de localização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU no seu território e para desenvolver ferramentas de localização dos ODS.

La Rochelle, tal como as outras cidades desta rede piloto, foi selecionada porque demonstrou uma motivação considerável para considerar a localização dos ODS de uma forma sistemática. Os parceiros cobrem 19 países diferentes e são diversas em dimensão e natureza (áreas metropolitanas, capitais, cidades de pequena/média dimensão, etc.) Ao comparar as diferentes realidades destas cidades, será possível partilhar muitas ideias e soluções diferentes para este importante desafío. Os resultados serão também relevantes para uma audiência muito vasta fora da rede.